quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Doutrina Espírita e Movimento: Reflexão sobre nossos comportamentos



Por Dalmo Duque dos Santos (autor e palestrante espírita)
-
Fomos solicitados a contribuir com dez tópicos que consideramos essenciais para analisar e discutir possíveis incoerências entre a Doutrina Espírita e o Movimento Espírita. Aí estão. 

1. Ver Espiritismo como verdade única e absoluta. 

2. Ver equivocamente Allan Kardec como personalidade sagrada e criadora de dogmas doutrinários. 

3. Desconsiderar ou impedir o diálogo do Espiritismo com outras fontes de conhecimento. 

4. Confundir pureza doutrinária - que é a simplicidade e aplicação dos conceitos espíritas- com sectarismo doutrinário, que é complicar, limitar e obstruir as múltiplas possibilidades da doutrina. 

5. Desconsiderar a atualização permanente do Espiritismo diante das mudanças sociais e descobertas científicas. 

6. Ignorar o caráter sociocultural amplo do centro espírita reduzindo-o apenas a mero templo de adoração. 

7. Negar como fato a ineficiência da educação espírita, pelos métodos superficiais de ensino, na formação de ativistas e lideranças, considerando seu alto potencial de conhecimento e transformação pessoal. 

8. Desconhecer qual é a nossa visão de mundo a partir dos postulados espíritas. 

9. Ver o movimento espírita somente como um assunto doutrinário e não social. 

10. Negligenciar a nossa história e memória, garantias da continuidade e autenticidade do Espiritismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

IMAGENS DE TUPARETAMA